Viagem a foz do Iguaçu

Débora & Magno
0
nov. 18/11

Todas as Fotos

05 de Novembro de 2011
Chegamos do aeroporto direto para o Hotel, dormimos um pouco e fizemos o roteiro para o Paraguai.

Após a Van nos trazer, fizemos um rápido reconhecimento na cidade, tomei uma cerveja local e voltamos ao Hotel.

06 de Novembro de 2011

– Parque das Aves

Tomamos um café da manhã reforçado e no horário combinado, a Van nos levou para o passeio às cataratas. Mas antes, fizemos uma “rápida” parada no Parque das Aves. Rápida pois sinceramente não esperávamos muito deste parque. O tempo estava meio chuvoso, com uma garoa fraca, então compramos capas de chuva(que viríamos a usar novamente nas cataratas). Na entrada aproveitei para tirar uma foto ao lado do grande Roberto Marinho, e a medida que entrávamos, o parque se mostrava cada vez mais interessante, com muita informação e muitas espécies exóticas. Até o ponto que começamos a entrar nos ambientes onde os pássaros ficavam, literalmente dentro das gaiolas! Foi super interessante, eles são muito acostumados com os turistas, alguns chegam a fazer pose quando vêem uma câmera, incrível!

O Parque também possui répteis, cobras, borboletas, jacarés, aranhas, etc. Próximo ao final tem a gaiola onde ficam aves maiores como as araras, papagaios, etc. É opcional, pois essas aves podem bicar, apesar bem improvável e não ter acontecido com ninguém que a gente tenha visto, logo, vale a pena entrar!


Já no final do parque você é convidado a ter uma cobra enrolada em seu pescoço. E próximo a saída, a gente pode ter contato com uma Arara, é uma sensação bem bacana! Acabou que ficamos 2 horas dentro do parque com a sensação que foi muito corrido! :) Algo interessante é que o parque tem preços diferenciados para locais(mais em conta), turistas(18 reais) e gringos. Acho legal isso, pois democratiza o parque e não acontece como no Rio de Janeiro, onde muitos pontos turísticos(como o Cristo Redentor, Pão de Açúcar, Jardim Botânico) não são conhecidos pelos próprios cariocas devido aos altos preços.

– Cataratas

Ao lado, já encontramos o Parque nacional do Iguaçu, ao custo de 24 reais. Um ônibus leva os turistas para trilha que leva ao mirante das cataratas, tendo diversas outras opções no caminho, como passeio de barco(que chega bem próximo as cataratas), rapel, trilha pela mata, etc. Caminhamos um pouquinho e chegamos ao primeiro mirante, já com uma vista exuberante!

O Caminho fica cada vez mais bonito, as quedas d’agua cada vez mais volumosas e com um som cada vez mais potente. É muita, muuuuuuita água! Enfim chegamos ao mirante principal, onde adentramos no coração das cataratas. Que visão esplendida! Ai segue uma dica, vá de chinelo ou de pés descalços, pois a força da água é tão grande, que forma um vapor bem intenso que te deixa literalmente encharcado . Use também uma capa de chuva. Tiramos muitas fotos e filmes do local(nestas horas que é bom ter uma máquina digital a prova d’água ;)), foi demais!

No final, tiramos as capas de chuva e subimos numa plataforma de vários níveis, culminando num elevador panorâmico, dando uma visão completa das cataratas, realmente imponente, difícil parar de tirar fotos é uma sensação que não da para explicar, tem que visitar para comprovar. Da para ver até o lado Argentino das cataratas, a Garganta do Diabo junto a bandeira Argentina

Terminamos então assim o dia e voltamos para o Hotel, jantando próximo ao mesmo.

07 de Novembro de 2011
Deixamos a usina de Itaipu para o último dia de Foz. Chegando lá
assistimos um filme bem instrutivo de como funciona a usina.

Lá descobrimos também que tem vários passeios: Passeio externo(foi o que fizemos pois o nosso ônibus para Buenos Aires sairia as 12:30 PM), Passeio interno+externo e passeio noturno, com a visão da usina se iluminando sincronizada com o som de uma orquestra(este noturno só sexta e sábado pelo que me lembro).
Pagamos a taxa e pegamos então o ônibus. Enquanto o guia ia dando uma aula de história e engenharia, íamos apreciando a vista e tirando fotos. Um fato interessante é que as 4 estruturas metálicas acima são responsáveis por transmitir toda a energia produzida em Itaipu para o lado brasileiro. Outra também é que mesmo a usina estando no Paraná, nenhuma parte desta energia fica no estado, vai tudo para o sudeste e outros estados acima.

Terminado o passeio, pegamos a Van que nos levou ao nosso hotel. Fizemos rapidamente o Checkout, entramos novamente na Van que nos esperava e nos dirigimos a Rodoviária(no caminho uma placa interessante, praias artificiais). Todo esse tempo, estávamos sendo transportados por uma figura muito prestativa, que nos deu muitas dicas e nos foi muito cordial, é o Sr Décio abaixo, grande personalidade, recomendamos os seus serviços – (45)9957-8692 – e na foto, o tel da empresa que ele trabalha:

Concluindo
Ficamos surpreendidos com Foz do Iguaçu. Está crescendo de forma muito bem ordenada, ficando bem estruturada para receber os turistas e recheadas de atrações das mais interessantes. As cataratas foram eleitas uma das maravilhas modernas e definitivamente tem todo o merecimento para tal! Com certeza voltaremos para fazer os passeios que faltaram e refazer os outros :)

Be Sociable, Share!

Leave a Reply